terça-feira, 10 de julho de 2012

#43 FERREIRA, Andreia - Soberba Tentação


Sinopse: Depois de descobrir que o sobrenatural não representa um medo irracional e que as criaturas caminham lado a lado com os humanos, Carla tem de enfrentar as consequências do seu envolvimento com o Caael. Os demónios já deixaram marcas na vida da Ana e da Raquel e a Carla começa a sentir algumas dificuldades em encontrar-se. Entre lacunas na memória, sentimentos e novas preocupações, surge uma existência virada do avesso com a linha da vida mais ténue do que nunca. Com a ausência do Caael, assomam revelações que levantam um plano ancestral de uma disputa entre iguais. A Carla vê-se num tabuleiro de xadrez, como um rei isolado, com a rainha a jogar contra ela


Opinião: Acabei agora de ler o “Soberba Tentação”, o segundo volume da Trilogia Soberba da Andreia. E o que poderei dizer sem soar suspeita? Sim, suspeita porque admiro a Andreia, o seu trabalho com estes dois livros e, ainda por cima, partilhamos a mesma editora. Já houve, inclusive, insinuações sobre as nossas opiniões serem influenciadas por esse facto. Bom, sugiro a quem o insinuou que entre no meio e depois se pronuncie. Há-de haver sempre quem não se venda, e também haverá sempre honestidade para não se procurar comprar quem quer que seja. E é livre de todas estas suposições que me expresso em relação ao II volume desta trilogia, com o despreendimento de uma leitora que, por acaso, se apresentou em Braga (infelizmente tarde e a más horas) para o lançamento da obra, e que deu um beijo de duplos parabéns à feliz escritora, que trouxe assim à luz um segundo rebento promissor. 
O “Soberba Escuridão” foi o meu primeiro contacto com este género de livros sobrenaturais. Gostei do facto de ter um pé na realidade e de a Carla ir absorvendo o que acontecia com a estranheza que eu própria, como leitora, também absorvia. Abriu-me o apetite para este mundo e que me deixou com sede de mais. Agora que terminei de ler o Soberba Tentação? Sinto-me tão ansiosa quanto ao próximo volume quanto me sinto em relação a Abril de 2013, para quando está prevista a nova temporada do Game of Thrones. Já viram o muito que tem de se esperar?
Ora bem, o que explicar desta obra a quem não leu o primeiro volume? Em “Soberba Escuridão”, a Carla toma conhecimento da existência de um mundo que subsiste paralelamente à consciência humana – tantas vezes voluntariamente ignorado por ela. Curiosamente, ela não vai à procura desse mundo – é ele que vem ter com ela. Levanta-se um pouco do véu sobre estas coincidências, que o “Soberba Tentação” começa a explicar a um ritmo ainda mais fluido, ainda mais interessante. A autora amadureceu a olhos vistos, foi estonteante essa mudança de uma primeira obra para esta segunda, tão bem consolidada, tão mais sólida, por muito que o talento já fosse transbordante no primeiro volume. As respostas às dúvidas que o primeiro livro suscitou vão surgindo de modo a manter o leitor interessado, vidrado nas páginas, que parecem voar! Quis tanto acabá-lo e agora foi-se-me.. que hei-de eu ler cujo entusiasmo se compare?

As personagens – a Raquel, fragilizada pelos acontecimentos do primeiro volume, a Ana, que “renasceu” para o mundo sob outro prisma, a Carla, que finalmente começa a questionar o chão que pisa, as nuvens por onde caminha… não foram esquecidas. E, para meu deleite, surge, com mais destaque, um vampiro descontraído e sedutor que me pôs de faróis atentos durante toda a leitura.

O que vos posso prometer? Novas explicações sobre este mundo sobrenatural que saiu da cabeça da nossa querida Andreia Ferreira. Romance – um novo, inesperado e arrebatador romance, cujo futuro quero desesperadamente conhecer no III volume da trilogia! Revelações – a maior delas todas, inesperada, que me deixou boquiaberta quando a autora fechou a obra com chave de ouro… Oh, o meu apetite pelo “Soberba Ilusão”, é assim que se chamará, não é? Está tão aguçado…!

A Andreia é tão jovem e, no entanto, vê-se o dedo de uma mulher do Norte aqui! Ela não se coíbe de ser cruel, explícita, maliciosa, irónica, divertida. Aprecio o humor negro de algumas personagens, todas elas tão bem delineadas e distinguidas neste livro que é, quase todo ele, um mergulho a fundo na consciência do que é real e no que é ilusão e, garanto-vos… de facto é soberba esta tentação que lhe empresta o nome…

Fico-me por aqui, com novos parabéns à autora. É maravilhoso que tenha sido a Andreia Ferreira, com um género que estava longe de entrar no meu campo de interesse literário, a reconciliar-me com os autores portugueses?

Recomendo vivamente.
Classificação: 5*****

1 comentário:

  1. Obrigada, Célia! =D
    Fico mesmo feliz por teres gostado tanto***

    ResponderEliminar