quarta-feira, 30 de maio de 2012

»Sobre as Personagens d'O Monte dos Vendavais

Para quem leu.

 (Faz sentido para a natureza destas personagens quando a Kate Bush diz: «let me have it, let me grab your soul», porque a Catherine parece, de facto, a dona da alma do Heathcliff, capaz de despedaçá-la e renascê-la quando lhe dá na gana...)


É a segunda vez que leio um livro em que detesto/desprezo/me irrito praticamente com todas as personagens. O outro foi o Madame Bovary, em que a dita cuja, Emma Bovary, era uma mártir queixosa, egoísta, mimada, caprichosa, carente que dava dó e cheia de mesquinhices. O marido era um panhonha e ela fazia gato-sapato dele e os seus amantes... afinal, o que é que viam numa mulher tão desprezível?

A Catherine Earnshaw... é uma vendida. Ama um homem cuja alma se funde, claramente, com a sua. E é também burra, porque não se dá conta de que não poderá prosseguir sem ele. Julga que a vida será mais fácil se desposar alguém rico, bonito e respeitado nas redondezas. Não é ninguém que a afasta de Heathcliff: não é preciso, ela desdenha dele. Na mesma conversa diz que o ama e que lhe seria degradante casar-se com ele. Depois decide que, ela não pode tê-lo, mais ninguém o terá. Que é como quem diz, faz os possíveis - é mesmo maldosa - para o afastar da sua pretendente. É intriguista, chorosa, uma vez mais mimada e caprichosa. Não chega a ser ternurenta, é uma peste. Só Heathcliff poderia, de facto, amá-la. E é por isso que são feitos um para o outro.

Heathcliff começa por ser maltratado n'O Monte dos Vendavais. É humilhado e leva uns quantos sopapos, e a única pessoa que costuma ficar do seu lado - até que surja alguém que lhe interesse mais - é a Cathy. Acontece que, um dia, ela deixa-se ter um «insignifcante» capricho pelo Linton - que é loiro, rico e bem aparentado na região. Este afastamento da sua única amiga torna-o frio e áspero e, ao contrário das suspeitas, largamente vingativo. Desaparece no mundo e enriquece e, quando regressa, vem disposto às piores vilanias. É cruel, bruto, não tem respeito nem admiração a ninguém excepto, talvez, à Nelly que é, juntamente com o Hareton, a minha personagem favorita.

A Catherine Linton, filha da Catherine, é outra menina mimada, desobediente, caprichosa e chorona. Tem subidas e descidas de humor, faz promessas que quebra, escapa-se de casa, apaixona-se por um imbecil e deixa-se enganar por todos. Além disso é preconceituosa e desdenha do primo Hareton, que é apaixonado por ela e o único disposto a protegê-la das iras e dos desmandos do Heathcliff n'O Monte dos Vendavais.


A Nelly Dean é a governanta, creio. É metediça, mas é também a voz da razão. Acaba por estar em todo o lugar, saber de tudo e até, ocasionalmente, interfere na vida dos que a rodeiam. É atrevida de língua e dei umas boas risadas graças ao modo aberto como ela desafiava o Heathcliff, que ela praticamente cria, e de quem todos os outros têm medo.

O Hareton é o meu favorito. É a personagens que faz o caminho inverso das outras, que vão endurecendo devido às maldades, e que têm naturezas rancorosas e vingativas. O pai de Hareton Earnshaw, Hindley, estava louco e, como consequência, divertiu-se largamente a aterrorizar o filho quando este é pequeno. Heathcliff toma-o depois a seu cargo, fica-lhe com os bens, embrutece-o ainda mais e Hareton tem-lhe uma lealdade de cão. Ao contrário do próprio Heathcliff, cuja história é semelhante, não odeia o seu carcereiro, pelo contrário, ganha-lhe respeito e afecto, provavelmente porque as raízes humildes (para não dizer miseráveis) de Heathcliff permite a este último entender a degradação em que o próprio Hareton cresce. Mas, ainda que a prima, Catherine Linton, desdenhe do seu analfabetismo, ele ofende-se e fica magoado, mas não lhe ganha rancor. Também não é tão orgulhoso que despeite a amizade dela quando ela lha oferece com honestidade e, é certo, é no coração deste rapaz tão maltratado que surgem as sementes que vão proporcionar a paz e a harmonia a esta família, por fim reduzidas aos dois: Catherine Linton e Hareton Earnshaw, este sim, um amor muito mais bonito do que o da própria Catherine (mãe) com Heathcliff.

Sem comentários:

Enviar um comentário